Açúcar: preço despenca 58 pontos em NY e rompe a barreira dos 14 cents

Você está aqui:
Ján Messaros, SXC Ján Messaros, SXC

15/09/2014

Novamente, os preços do açúcar encerraram a semana em queda livre no mercado internacional. Desta vez, eles romperam a barreira dos 14 cents. Na bolsa de Nova York, no vencimento outubro/14, o açúcar foi negociado na sexta-feira (12) a 13,78 centavos de dólar por libra-peso, forte retração de 58 pontos no comparativo com a véspera.

Em seu artigo semanal, o Diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa disse espantado que "nos últimos 2 meses o vencimento outubro/2014 caiu mais de 350 pontos para desespero de muitas usinas brasileiras que ainda tinham razoável volume para ser fixado contra aquele mês. Até que o outubro expire o show de horror deve continuar".

Corrêa disse ainda que fica uma lição desse derretimento do açúcar em NY para muitas empresas. "Com gestão de risco não se brinca nunca. Nos meus tempos de trader nunca tive muita predileção por me apaixonar pela posição e tento sempre que posso passar esse recado. A lei de Murphy está sempre pronta para ser aplicada. E, como ela assevera, se alguma coisa pode dar errado, certamente dará. Mas o que ninguém esperava era um derretimento de 300 pontos em dois meses. E tem trader apostando que vamos ver apenas um digito ainda no outubro", concluiu o Diretor.

Em Londres, também no vencimento outubro/14, o açúcar fechou desvalorizado em 7,10 dólar com negócios firmados em US$ 389,30 a tonelada. Em todas as outras telas também houve retração.

Mercado interno
Nas usinas paulistas, o açúcar também fechou a semana em baixa, com negócios firmados em R$ 44,40 a saca de 50 quilos do tipo cristal, desvalorização de 0,91% no comparativo com a véspera.

Fonte: Biocana, com informações de Agência Udop, escrita por Patrícia Mendonça