Carro elétrico será mais barato que a combustão na próxima década

Você está aqui:
Imagem retirada de http://luzsolar.com.br/carro-eletrico-x-gasolina/ Imagem retirada de http://luzsolar.com.br/carro-eletrico-x-gasolina/

28/01/2019

Aposta da indústria automobilística para o futuro da mobilidade, o carro elétrico já pode ficar mais barato que o a combustão em meados da próxima década. Essa é a aposta de Juan Manuel Hoyos, diretor de marketing da Nissan América Latina.

Para o executivo, os custos para homologação do carro a combustão ficarão cada vez mais altos em alguns países. Isso logo dará vantagem ao elétrico, que hoje tem preço equivalente ao de SUVs médios e grandes na maior parte do mundo.

A marca é líder mundial na venda de elétricos, com o Leaf. Em 2018, na Noruega, o carro foi o mais vendido do mercado, à frente de todos os modelos a combustão. O Leaf começa a ser vendido no Brasil no fim do primeiro semestre, com preço de R$ 178.400 e autonomia de até 363 km.

A Nissan está encarando o carro como o pontapé da ofensiva elétrica no Brasil, pois antes de o cliente aceitar, é preciso ter a tecnologia disponível para comprar. "Por ora, não estamos preocupados com o número de vendas, e sim com a imagem de marca", diz Hoyos. "Mas sabemos que será carro de nicho no Brasil".

De acordo com ele, a Nissan fez pesquisas no Brasil antes de decidir levar o Leaf. Elas apontam que 89% dos brasileiros estão dispostos a trocar o carro a combustão pelo elétrico. O levantamento, porém, não revelou ao cliente a faixa de preço do elétrico. "Apesar do preço, o Leaf oferece toda a tecnologia de ponta da Nissan, justifica.

fonte: Udop, com informações da Biomassa&Bioenergia