Dólar valoriza e faz preço do açúcar terminar a semana em baixa

Você está aqui:
Steven Goodwin, SXC Steven Goodwin, SXC

03/11/2014

Os preços do açúcar encerraram a semana em queda nos mercados internacional e interno. Na última sexta-feira (31), a commodity foi negociada a 16,04 centavos de dólar por libra-peso, no vencimento março/15, na bolsa de Nova York. Uma retração de 26 pontos no comparativo com a véspera.

Segundo a análise do jornal Valor Econômico de hoje (3), as cotações cederam na bolsa de Nova York ante a pressão da alta internacional do dólar e movimentos técnicos. Na hora do fechamento, o dólar subia 2% ante o real. A alta da moeda americana foi uma reação ao anúncio do banco central japonês, feito um dia antes, de que ampliará os estímulos monetários. A decisão pegou o mercado de surpresa e provocou a valorização do dólar, o que costuma incentivar as indústrias a ofertarem sua produção.

O Diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa comentou em seu artigo semanal que o setor deve se preparar para um 2015 ainda muito difícil. "Recentes notícias sobre problemas financeiros envolvendo um grande grupo do setor azeda o humor dos agentes financeiros e atinge a todas as usinas cujas negociações estão em andamento. Aumentam as garantias exigidas pelos bancos apenas para renovarem linhas que estão vencendo. Dinheiro novo é uma raridade. É prudente que haja criatividade por parte dos bancos, sem perder a atitude realista para com o cenário atual, sob o risco de darem um tiro no próprio pé. Precisam baixar a febre do doente sem exagerar na dose e correr o risco de hipotermia", disse Corrêa.

Em Londres, o açúcar também caiu na sexta. No vencimento dezembro/14, a commodity teve queda de 5,20 dólares com negócios firmados em US$ 422,40 a tonelada.

Mercado interno

O mercado interno acompanhou as bolsas de NY e Londres e também teve retração. Os negócios foram firmados em R$ 49,09 a saca de 50 quilos do tipo cristal, queda de 0,18% no comparativo com a véspera.

Fonte: Udop