Frete mais barato coloca Brasil como maior exportador de açúcar na Ásia

Você está aqui:
Steven Goodwin, SXC Steven Goodwin, SXC

28/04/2014

Fretes mais baixos do açúcar brasileiro, acabaram impulsionando as vendas para os principais clientes asiáticos e do Oriente Médio, e consequentemente, está tornando cada vez mais difícil para produtores tailandeses, venderem sua produção, principalmente depois de uma queda recorde de produção de cana-de-açúcar do país, de acordo com a Reuters.
Apesar de ser geograficamente contraditório, já que o Brasil é mais longe do que a Tailândia, neste mercados, este fato tem causado muita pressão no mercado da Tailândia, para que os preços sejam reduzidos e eles possam voltar a competir com o açúcar bruto brasileiro de alta qualidade.Em março, apenas 6.500 toneladas de açúcar bruto Tailandês foram vendidas para a China, um dos principais importadores de açúcar bruto do mundo , em comparação com 290 mil toneladas do Brasil, disse Tom McNeill de Green Pool Commodities para a Reuters.

Fonte: Patrícia Barci, Jornal da Cana