Queda de preço do minério chinês é transitória, diz presidente da Vale

Você está aqui:
Como as posições de crédito não estão disponíveis como estavam antes, as siderúrgicas acabam trabalhando com níveis de estoques mais baixos. (Imagem: Infoescola.com.br) Como as posições de crédito não estão disponíveis como estavam antes, as siderúrgicas acabam trabalhando com níveis de estoques mais baixos. (Imagem: Infoescola.com.br)

03/02/2014

A queda nos preços do minério de ferro na China é transitória, disse Murilo Ferreira, presidente da Vale, maior mineradora do Brasil e exportadora da commodity. Ferreira falou sobre o assunto, neste domingo, ao sair de audiência com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Para Ferreira, os fundamentos da economia chinesa continuam sólidos, e o recuo no valor do produto deve-se a mudanças na política de concessão de crédito daquele país.

– Houve, recentemente, uma política de concessão de crédito mais dura e certamente as siderúrgicas foram atingidas. Essa é uma decisão de política monetária. Como as posições de crédito não estão disponíveis como estavam antes, as siderúrgicas acabam trabalhando com níveis de estoques mais baixos, mas é uma posição transitória – avaliou.

O minério de ferro faz parte da pauta de exportações brasileiras, e a China é o maior importador da commodity no mercado global. Os preços do minério de ferro têm apresentado queda no mercado internacional, o que tem prejudicado o desempenho do produto na balança comercial brasileira.

Fonte: Correio do Brasil, com informações Agência Brasil