Válvulas para usinas de etanol e açúcar

Você está aqui:
Válvula para usina de Açúcar e Álcool Válvula para usina de Açúcar e Álcool

17/06/2018

Por Robson Egito

Brasil é o segundo maior produtor de etanol do mundo, segundo a Renewable Fuels Association, tendo também a produção de cana de açúcar papel fundamental para a economia do país. Em relação a aplicações e acessórios para este setor industrial de açúcar e etanol, as válvulas são ferramentas de grande importância e auxílio na otimização do processo produtivos nas usinas.
Sendo assim, existem quatro tipos de válvulas que merecem atenção: válvulas borboleta, válvulas esfera, válvulas de segurança e válvulas gaveta, e válvula solenóide. O primeiro tipo é amplamente utilizado, extremamente resistente e com fabricação em aço inoxidável. Além disso, possui excelente desempenho em relação à vedação e não utiliza plugs ou pinos para conectar a haste ao disco, oferecendo maior segurança no encaixe.
O segundo tipo de válvulas, a válvula esfera, pode ser aplicado em diversos pontos na produção, pode ser fabricado como uma peça única (envolvendo esfera e haste) e com fechamento rápido. Nessa categoria, temos a válvula esfera com camisa para vapor, válvula esfera tripartida e a válvula esfera Top Entry.
As válvulas diafragma compõem o terceiro grupo, sendo caracterizadas pela alta durabilidade do corpo da válvula e construção em formato de monobloco. Por ter fechamento ultra hermético, até sob alta pressão durante a operação, consegue manter sua estanqueidade. Nessa categoria temos a válvula diafragma angular e reta com diferentes tipos de revestimento.
Por último temo as válvulas macho, construídas em monobloco, auto lubrificadas e livres de manutenção. Nessa categoria temos as válvulas macho com camisa para vapor e com bucha.
 
Quem procura sobre Valvula tem interesse em caldeira, conheça nosso artigo sobre caldeira:   https://www.jefferson.ind.br/conteudos/caldeira-a-vapor.html  

Fonte: http://www.valve-world.net/news-brazil/75950/valvulas-para-usinas-de-etanol-e-acucar.html

Faça um Comentário